Exibindo 13–24 de 42 resultados

COGNAC DE CCOLLECTION JEAN GROSPERRIN PETIT CHAMPAGNE 1973

R$2.369,34
Este conhaque foi produzido por um viticultor idoso que paralelamente à sua pequena vinha exerceu a profissão de produtor de planos de vinha. Este conhaque de Petite Champagne foi armezenado desde a sua colheita até ao engarrafamento na mesma pipa que tinha sido especialmente construída, há trinta anos para receber a colheita da 1973. Teor alcoólico 50,60%

COGNAC DE CCOLLECTION JEAN GROSPERRIN GRANDE CHAMPAGNE 1980

R$1.639,42
Este conhaque de Grande Champagne procede das vindimas de 1980 e foi destilado algumas semanas mais tarde. Desde essa data envelheceu nos cascos sob o controle do Estado ORECO garantido-lhe assim de forma absoluta o ano de colheita indicado. Teor alcoólico: 49,9%Este conhaque de Grande Champagne procede das vindimas de 1980 e foi destilado algumas semanas mais tarde. Desde essa data envelheceu nos cascos sob o controle do Estado ORECO garantido-lhe assim de forma absoluta o ano de colheita indicado. Teor alcoólico: 49,9%

COGNAC DE CCOLLECTION JEAN GROSPERRIN GRANDE CHAMPAGNE 1990

R$1.203,96
Este conhaque com ano de coheita procede de um vilticultor negociante cuja paixão era comprar e depois vender lotes que que ele selecionava pelas suas qualidades. Para poder financiar estas operações, ele costumava armazenar durante longos anos os melhores lotes de forma a cedê-los a quem fazia a melhor proposta na época de venda. Este conhaque envelheceu desde a sua detilação en cascos colocados sob o controle do Estado, garantindo assim de forma absoluta o ano de colheita indicado. Teor alcoólico: 47,20%

COGNAC DE CCOLLECTION JEAN GROSPERRIN GRANDE CHAMPAGNE 12 ANOS

R$635,26
A Cognac de Colecção Jean Grosperrin - Vintages Artesanal - Jean Grosperrin trabalhou como corretor de cognac na região de Cognac. Um corretor em eaux-de-vie desempenha um papel muito discreto, mas estratégico, entre o produtor e o comprador. Seu trabalho é avaliar a qualidade do eaux-de-vie e introduzir as partes interessadas para o outro. Sua profissão leva a muitas adegas estimar o valor de lotes diferentes, entre os quais há às vezes alguns conhaques muito antigos. Praticamente todos os viticultores costumam destilar a colheita e conservar parte dela, como as gerações anteriores fizeram antes deles, alguns barris de conhaque em seus porões. Estes tesouros da família são muito raramente disponibilizados à venda e as transações são muito confidenciais. Esses conhaques, possuem características às vezes as características fortes que Jean e seu filho Guilhem (desde 2004) buscam obter em todas as denominações de Cognac.

COGNAC DE CCOLLECTION JEAN GROSPERRIN XO FINE CHAMPAGNE

R$737,74
A Cognac de Colecção Jean Grosperrin - Vintages Artesanal - Jean Grosperrin trabalhou como corretor de cognac na região de Cognac. Um corretor em eaux-de-vie desempenha um papel muito discreto, mas estratégico, entre o produtor e o comprador. Seu trabalho é avaliar a qualidade do eaux-de-vie e introduzir as partes interessadas para o outro. Sua profissão leva a muitas adegas estimar o valor de lotes diferentes, entre os quais há às vezes alguns conhaques muito antigos. Praticamente todos os viticultores costumam destilar a colheita e conservar parte dela, como as gerações anteriores fizeram antes deles, alguns barris de conhaque em seus porões. Estes tesouros da família são muito raramente disponibilizados à venda e as transações são muito confidenciais. Esses conhaques, possuem características às vezes as características fortes que Jean e seu filho Guilhem (desde 2004) buscam obter em todas as denominações de Cognac.

COGNAC DE CCOLLECTION JEAN GROSPERRIN VSOP PETIT CHAMPAGNE

R$499,50
A Cognac de Colecção Jean Grosperrin - Vintages Artesanal - Jean Grosperrin trabalhou como corretor de cognac na região de Cognac. Um corretor em eaux-de-vie desempenha um papel muito discreto, mas estratégico, entre o produtor e o comprador. Seu trabalho é avaliar a qualidade do eaux-de-vie e introduzir as partes interessadas para o outro. Sua profissão leva a muitas adegas estimar o valor de lotes diferentes, entre os quais há às vezes alguns conhaques muito antigos. Praticamente todos os viticultores costumam destilar a colheita e conservar parte dela, como as gerações anteriores fizeram antes deles, alguns barris de conhaque em seus porões. Estes tesouros da família são muito raramente disponibilizados à venda e as transações são muito confidenciais. Esses conhaques, possuem características às vezes as características fortes que Jean e seu filho Guilhem (desde 2004) buscam obter em todas as denominações de Cognac.